top of page

Positividade tóxica



Você brigou com o seu crush. Terminou o relacionamento. Não dormiu bem à noite por causa da ansiedade. Palavras não foram ditas e só depois foi pensar em cada uma delas.


Muitos pensamentos vem à sua mente freneticamente. Acorda atrasado, o celular não despertou. Não há tempo para tomar um simples café de manhã. Perde o ônibus para ir ao trabalho e acaba chegando atrasado. Nem penteia os cabelos e só depois se dá conta que não escovou os dentes.


Situações desconfortáveis e que podem acabar com o dia de alguém né?


Então para se distrair você rola o feed do instagram, e em meio a muitos posts, imagens e auto ajudas, há uma imensidão de frases prontas sobre o quanto devemos ser positivos o tempo todo.


Mas você não consegue naquele momento, pois você está SOFRENDO mesmo!


Você se culpa por não conseguir sentir imensa gratidão e felicidade genuína. Tenta a todo custo sentir também sentimentos positivos sobre a sua vida, mesmo que neste momento sua vida não pareça colorida. Acaba se auto enganando.


Você tenta se animar. Mas não consegue. Reposta as mesmas frases que todo mundo posta, na ilusão de estar tudo bem sim. Você acaba sentindo-se pior por não conseguir e fica chateado, pois “Todo mundo parece conseguir estar bem”.


A tristeza continua a existir. Se houver uma negação desse sentimento, as chances de a dor voltar mais forte são muito grandes. Certas narrativas sociais dão a ideia de que muitas emoções são erradas, vergonhosas ou um sinal de fraqueza. Assim nossas emoções acabam sendo invalidadas ou negadas.


Devemos honrar nossas emoções e nos permitir senti-las. É assim que aprendermos a lidar com elas e encontramos forças para superá-las.


Ser positivo, ter esperança e querer ver o lado bom na vida não são características ruins.

Porém acabam sendo maléficas quando essa soberania do “tudo está bem” se sobressai aos reais sentimentos.


Não tente mascarar uma desilusão com uma enganosa alegria.Se a tristeza está ali, permita-se senti-la. Se o desconforto vir, escute o que ele quer dizer. Não ignore o que VOCÊ sente.


Assim, melhor um sincero:

“Não está tudo bem agora, mas PODE ficar”

16 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page