top of page

Por que o vício em trabalho pode prejudicar a saúde mental?

Atualizado: 22 de ago. de 2022



O que é um workaholic?


O significado de workaholic tem origem da palavra em inglês, sua tradução seria “viciado em trabalho” ou também “trabalhador compulsivo”.


São pessoas que, sem perceberem, optam por trabalhar muito. Começam a basear toda rotina em excessivas metas, projetos e conteúdos inacabados e sentem profunda obsessão pelo trabalho.



Sinais e sintomas de vício em trabalho:


  1. Você não se lembra da última vez que faltou ao trabalho por motivo de saúde;

  2. Você pensa em trabalho o tempo todo, inclusive quando está tentando relaxar;

  3. Você responde e-mails imediatamente, mesmo que não sejam urgentes;

  4. Você não confia em outras pessoas de sua equipe para fazer o trabalho no padrão que você faz;

  5. Seus relacionamentos estão desaparecendo porque você está preocupado com o trabalho;

  6. Você tem problemas para “desconectar” quando não está trabalhando;

  7. Você tem pesadelos ou insônia relacionados ao estresse;

  8. Você se sente irritado, impaciente ou tem explosões de raiva;

  9. Você tem sintomas físicos como dor no peito e falta de ar;

  10. Com frequência você se sente inadequado e se julga por não ter feito o suficiente.



Quais as consequências do trabalho compulsivo?


A pessoa viciada em trabalho não consegue se desligar de seus afazeres laborais, nem mesmo nas férias, feriados ou finais de semana.


Em algumas situações, a mania de trabalho o faz deixar de lado sua vida social e suas relações com a família para focar totalmente nas metas a serem cumpridas. Com o passar do tempo, seus verdadeiros amigos se tornam aqueles que convivem no ambiente de trabalho pois a comunicação é mais acessível, já que todos estão integrados no mesmo assunto: trabalho.


Algumas consequências mais sérias que o estilo de vida workaholic pode acarretar envolvem estresse, depressão, ansiedade, abuso de álcool e outras drogas, síndrome de burnout, entre outras.



Equilíbrio: o grande segredo!


Assegurar o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional é o caminho ideal para combater esse problema, além da buscar valorizar mais os momentos de lazer, e perceber que o descanso é essencial para melhorar os resultados e a criação de ideias.


Em resumo: quem trabalha demais pode até achar que está contribuindo positivamente para sua carreira e para a empresa onde trabalha, mas os efeitos disso a médio e longo prazo mostram que os resultados podem ser exatamente o contrário do que o esperado.


Ser um workaholic não faz de você um profissional melhor.

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Yorumlar


bottom of page